segunda-feira, 4 de maio de 2009

Notícia em Destaque - Pinamonti admite conversações com a tutela

No Expresso:

À RTP 2, o musicólogo e antigo director do São Carlos disse ter mantido uma troca de opiniões sobre o São Carlos com o ministro da Cultura e não negou a possibilidade de regressar.

Paolo Pinamonti admitiu ontem, no programa "Câmara Clara", da RTP 2, ter "trocado opiniões" sobre o Teatro Nacional de São Carlos com o actual ministro da Cultura, José António Pinto Ribeiro.

"Troquei opiniões sobre a situação do teatro com o ministro da Cultura e concordamos em muitos pontos", afirmou o musicólogo italiano, que foi director do São Carlos entre 2001 e 2007.

Pinamonti reconheceu estar a acompanhar de perto a programação do teatro lírico mas, questionado sobre um possível regresso às suas antigas funções, apenas respondeu: "Isso não sei, [o ministro] pediu-me informações sobre a minha experiência anterior e sobre o actual modelo de gestão. Vamos dar tempo ao tempo".

Recorde-se que a discordância de Pinamonti quanto ao modelo de gestão que veio a ser implementado sob o consulado da anterior responsável pela Cultura, Isabel Pires de Lima - e que significou a fusão administrativa do S. Carlos com a Companhia Nacional de Bailado numa entidade única chamada Opart - foi o motivo da sua polémica saída em 2007 e da sua substituição pelo alemão Christoph Dammann, actual director artístico do teatro.

In Expresso

Sem comentários:

Publicar um comentário

Comente o Outras Escritas