segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Notícia em Destaque - Maldivas compram território para escapar à subida do mar

Ora aqui está uma notícia curiosa do SOL:

O novo presidente do arquipélago das Maldivas tenciona comprar terras na Índia ou no Sri Lanka para a eventualidade do mar engolir o país. Mais de 300 mil pessoas terão de ser deslocadas a longo prazo.

Não se trata de exagero algum. Devido às alterações climáticas, que estão a derreter o gelo dos polos, as Nações Unidas estimam que o nível do mar vai subir 60 centímetros até ao fim deste século.

Para países como as Maldivas, a tendência revela-se fatal. O arquipélago situado no Oceano Índico tem uma elevação máxima de apenas dois metros de altura, e a subida do nível do mar ameaça o lar de mais de 300 mil pessoas.

Perante as previsões, o novo presidente das Maldivas, Mohamed Nasheed, planeia comprar terras no continente asiático para realojar a população do país.

O governo do arquipélago tenciona estabelecer um fundo para adquirir terras na Índia ou no Sri Lanka, dois países com afinidades culturais com o povo daquelas ilhas.

As Maldivas, um país insular, podem transformar-se numa nação continental até ao final do século.

«O aquecimento global e as questões ambientais são problemas que preocupam muito o povo das Maldivas», afirmou o porta-voz governamental Ibrahim Zaki.

«Aqui em Male (a capital) estamos 90 centímetros acima do nível do mar, portanto qualquer subida teria um efeito devastador sobre o povo das Maldivas», explicou.

In SOL

2 comentários:

  1. Eu bem quero lá ir antes que aquilo afunde...

    ResponderEliminar
  2. Confesso que não não é um destino que me atraia por aí além...

    No entanto, espero que não afunde...

    Para bem da humanidade.

    ResponderEliminar

Comente o Outras Escritas