sexta-feira, 27 de agosto de 2010

As férias de 1993 (I)

Estava há uns dias a vaguear pelo Facebook, quando reparei que tinha sido identificado numa fotografia ali colocada pela minha amiga Reflexos. Investiguei melhor e não se tratava apenas de uma, mas sim de um album de fotografias captadas durante as férias de 1993.

Nesse ano as férias foram passadas com a Reflexos (Cristina), o Luís e o Jonas numa pequena aldeia transmontana situada no concelho de Bragança e de nome Aveleda. Os planos para férias começaram quando o Jonas nos disse que os pais tinham uma casa de família perto de Bragança. Como o resto do grupo, onde me incluo, não conhecia muito bem Trás-os-mon
tes, passar uns dias na casa dos pais do Jonas, pareceu-nos uma ideia óptima para férias. Naquela altura os recursos financeiros não eram muito e o facto de não termos que pagar alojamento pareceu-nos muito aliciante.
Ao partir do Porto com destino a Aveleda, não imaginava
que aquelas férias iam ser tão agradáveis e singulares.

Em primeiro lugar a casa dos pais do Jonas estava a precisar urgentemente de obras e não tinha nem água nem electricidade. Estes factos, que para a maioria das pessoas seria limitador ou mesmo inaceitável, eram para nós motivo de entusiasmo. S
e não tínhamos electricidade, podíamos utilizar velas. Água para beber comprava-se num supermercado ou em qualquer café. E os banhos? Os banhos eram num riacho que passa na aldeia...

Sem comentários:

Publicar um comentário

Comente o Outras Escritas